29/08/2015

A importância de se chamar Alfredo

Acordei a pensar numa gaffe que cometi há uns tempos, porque eu sou assim.
Mas, por acaso, acho que esta, toda a gente cometia. Vejam lá e dêem-me uma opinião:

Era uma vez um homem chamado Alfredo, que era feio, mas feio de doer a vista, a cabeça, os dentes, os calos, dores, dores, dores, até ao âmago, ao núcleo, ao centro, ao olho, estão a ver? Sabem aquela pessoa que uma pessoa pensa assim: Olha, este é o homem mais feio que eu conheço? O Alfredo é assim, mas ainda pior.
E teve o Alfredo este diálogo comigo, em tudo semelhante a uma charada, que eu só não matei porque ia matando o Alfredo de desilusão:
- Sabes aquele boneco que dava na televisão, o Alf?
- Sei.

- Os meus amigos chamam-me Alf.
[E pensa a pessoa assim: Estás bem servido de amigos, Alf.]
- Sabes por que é que os meus amigos me chamam Alf?
[Vá, digam lá: o que é que vocês diziam? Porque tu és a cópia do Robert Redford, mas após entalamento da cabeça nas portas do metro, queres ver?]
Diz a parva, com a cara de entusiasmo mais estanhada, à laia de sou tão esperta:

- Porque tu és igualzinho ao Alf!?
Então não é que a resposta correcta era...
- Não [semi-beicinho]... Então não se está mesmo a ver?
A cara da parva a desfazer-se, de yey para pânico.
- É porque me chamo Alfredo...


10 comentários:

  1. Uma ofensa ao Alf.
    O teu pensamento não mata mas mói :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas reconheces que o questionário conduzia a uma única conclusão, não reconheces?

      Eliminar
    2. Reconheço, claro.

      Eliminar
  2. Eu adorava o Alf!!!
    És ruim!

    Beijocas, Lindinha azul. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha, este é a personificação :)
      Sou boníssima, mas uma desastrada que até dói!

      Beijinhos, Marioskita :)

      Eliminar
  3. Obrigada por me fazeres rir. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora essa, os amigos são para as ocasiões. E tu mereces :)

      Eliminar
  4. De um a"gaffista profissional" fica aqui um conselho: evitar encontrar o Alfredo nos dias mais próximos. No novo encontro não te deitas a adivinhar, e o episódio esquece. De resto, o Alf era simplesmente "bárbaro" no sentido de muito bom! Feio ou não, eu fazia questão de me sentar a ver, e não dava o tempo por mal empregue.
    Bom fim de semana.
    Estou a voltar devagarinho,
    beijinho,
    Mia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Até finjo que não o conheço! Há gaffes minhas que são tão imperdoáveis que não sei como é que as pessoas não cortam relações comigo. Tenho que ser eu a fazer tudo!
      Bom fim de semana, Mia.
      E bom regresso, mesmo devagarinho.
      Muitos beijinhos.

      Eliminar