01/04/2015

O boneco

Vá, expliquem-me lá, que eu não consigo perceber isto, mas façam-no como se eu fosse muito burra e algo estúpida, de forma pausada, tim-tim por tim-tim, passo a passo, devagarinho, com todas as letrinhas das palavras da língua portuguesa, sem erros, sem enganos, sem gralhas, sem lapsos, sem dó nem piedade, sem tirar nem pôr, sem apelo nem agravo, sem papas na língua - na vossa - sem pejo, sem medos, sem vergonha, sem truques, sem máscaras, sem rodeios, sem intróito, sem preparação, sem dourarem a pílula, sem floreados, sem partes gagas, sem mais mas-mas, sem rodriguinhos, sem rei nem roque, sem eira nem beira, sem alhos nem bugalhos, sem lé nem cré (sei lá o que isto é, mas olhem, vou lançada, weeeee, saiam da frente!), sem f*** nem sai de cima, sem carne nem peixe, sem cu das calças nem Feira das Galveias, sem água nem vinho, enfim, não sei se já perceberam, ou, em alternativa, façam-me o desenho, o boneco, o esboço, o projecto, o rascunho e o draft, mostrem-me a imagem, o quadro, a fotografia, a fotocópia, o negativo, a impressão, ou então, nada, mas digam-me de vossa justiça, pintem-me a manta, contem-me histórias, lérias, números, podem também usar linguagem gestual, ou apenas me dêem uma opinião, um palpite, um lamiré, uma ideia, assim por alto, uma aproximação que seja, uma luz, qualquer coisinha, mas digam-me só, apenas, tão-só, e já, hoje, agora, neste momento, e aqui:

O que é que passa na cabeça das pessoas que, nas redes sociais e, em particular, na blogosfera, dão a entender uma identidade diferente da real, designadamente quanto à idade, aparência, capacidades e realizações pessoais? Até quando é que se consegue manter o boneco? Há ou não uma altura em que o boneco engole o criador, devorando-o, mostrando-lhe por A mais B que é muito melhor, e, assim, anulando-o?
Também me intriga isto: enquanto dura a farsa, tudo bem. Mas as pessoas não se questionam o que é que lhes pode acontecer, no dia em que - por acaso ou não - a sua imagem real se torne pública, ou, por qualquer motivo, que elas próprias até promoveram, se encontrem cara-a-cara com algum dos seus seguidores/leitores/comentadores/o-que-for? O que é que dizem?

"Ah, isto não é o que parece!"?

ou

"O [avatar] não pôde vir, mas vim eu, em representação. Ele delegou-me este poder"?


Hã? Ganda loucura. Esta sou eu e as minhas amigas, em Palm, o ano passado, muita malucas, todas. Eu sou a mais gira. Kissssssssssss.


18 comentários:

  1. Eu sabia que eras uma gaja gira :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só podia, a fazer perguntas destas :P

      Eliminar
  2. Quem escreve é o alter-ego, quem vai às "apresentações" publicas é o secretário(a) ou irmão gémeo feio que nem uma porta ... toda a gente sabe isto! Os alter-egos não gostam de ser vistos em público, são tímidos e tal … coitaditos! :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas olha que essa da timidez é uma desculpa fabulosa, que até os mais agressivos utilizam. Tadichos :P

      Eliminar
  3. Se fores a da tanga das listas, digo-te já que é fatela ver-se a marca branca delas :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso, é a que tem o cabelo mais parecido com o meu, não fora a cor...
      Mas não. Eu sou a mais gira :P

      Eliminar
  4. A Nina tem razão, existem muitos alter-egos por aí. O Eusouassim é também um alter-ego meu. Mas quando eu encontro um seguidor/leitor/comentador/o-que-for vou eu, o eusouassim e o avatar. Todos juntos para sermos muitos. :-)

    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas vão todos vestidos, Todo Nu? :P
      :)

      Beijos

      Eliminar
    2. Depende do encontro e da pessoa com quem vou ter. Se for comer pasteis de Belém com alguém vou vestido, se for ter ao "Dlirius Azuis", vou logo todo nu :-P

      Beijos

      Eliminar
    3. Hás-de experimentar ir directo do teu Dlirius para os pastéis :P
      Beijos

      Eliminar
    4. Iria nu e ainda com mais fome. Assim uma caixa já não chega, têm que ser duas! ;-)

      Beijos

      Eliminar
  5. Ahahahahah, acabaste este post da melhor forma :D Ri-me muito!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hehehe, ainda bem :D
      Já ia numa direcção muito azeda, fiz um 180º que nem as surfistas são capazes!

      Eliminar
  6. Olha, isso é coisa para me meter os nervos em franja. Ainda ontem, escrevi sobre ter detectado uma página falsa com uma miúda a fazer-se pela minha filha. Com as fotos e o nome dela. E marcou encontros com rapazes e tudo. E tinha um sucesso brutal, pelo menos na net. O amigo da minha filha que descobriu a página, disse que a outra, devia ser feia. Mas pergunto-me como é que ela fazia, quando ia aos respectivos encontros, e o corpo, não correspondia às fotos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agora põe isso ao nível de tipas de 40 e tal, como eu já topei. Fotos de miúdas por todo o lado, fotos de amigas e a dizer na legenda que são elas, um show completo. Acho que é uma idade em que isso tem consequências muito mais nefastas, sobretudo para a própria...
      Eu bem digo que há por aí muita esquizo disfarçada.

      Eliminar
    2. Rainha, não sei o que aconteceu ao teu comentário, mas o blogger anda aos loopings outra vez e pode ser disso. Já fiz "publicar" há horas, e nada.
      Então: Bolas, estive uns dias sem tempo para andar a cirandar por estas bandas, e pergunto-me "o que é me escapou?"
      Resposta: Nada de extraordinário, este caso de que me lembro é só patológico. Mas acredito que há muitos iguais, por aí.

      Eliminar
    3. por acaso, já achava que estavas zangada aqui com a rainha. não precisas publicar este comentário, tens mail aqui do tasco? se sim, e me quiseres enviar, arainhaeaervilha@gmail.com

      Eliminar
    4. Essa agora! E zangava-me porquê? Eu lá sou disso... :)
      Mando, sim, mas aguarda mais umas horas, que isto hoje está a mil.
      Já devo mail e telefonemas a metade da Humanidade, acredita.
      Beijinho, majestade.

      Eliminar