06/02/2015

O tamanho não interessa

 Dizem as más línguas;

 Dizem as boas línguas.


Marque com x a resposta que lhe parece mais correcta.

33 comentários:

  1. Estamos a falar de quê? Preciso de saber para poder responder com toda a certeza :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Precisamente.
      Antes das 10 da manhã, não me ocorre nada menos bandalho :D

      Eliminar
    2. Estive a reflectir e cheguei à conclusão que o tamanho só faz diferença ao possuidor da característica a aumentar. Mas também pode ser ao contrário e o interesse do tamanho ser relevante para terceiros... Olha, não sei :D

      Eliminar
    3. A mim põem-se-me estas dúvidas, mas depois há pessoas que conseguem baralhar-me mais um nico :D

      Eliminar
    4. Olha, pronto, é como nos carros. Não basta ser grande, é preciso ter "unhas" para o conduzir bem :D

      Eliminar
    5. Isso sim, é uma conclusão que se pode guardar como válida. É um pouco aquela questão, "quando não se tem jeito..." :D

      Eliminar
  2. Claro que interessa! Interessa sempre! Só diz isso quem se quer convencer do contrário :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eles e as infelizes a quem lhes calhou apaixonar-se por alguém... pouco dotado :D

      Eliminar
    2. Por isso a pergunta: será que esses são os boas línguas? :D

      Eliminar
    3. Não necessariamente. E, falo com conhecimento de causa, já tive um ex que se julgava a última coca-cola do deserto e, coitadito, além de pouco dotado e de consistência por vezes incompatível com as funções a desempenhar, a língua também era medíocre, medíocre.

      E depois conheci Santo Marido. O oposto da experiência anterior. Ali, tudo é bom. E das trevas se fez luz pelo que nunca, nunca mais o larguei :DD

      Eliminar
    4. Bom, então, estamos a chegar a uma conclusão: tanto afirmam que o tamanho não interessa, os más línguas como os boas línguas.
      E, desses, os menos dotados é que são os mais acérrimos defensores da teoria?
      E as mulheres, não têm uma palavra a dizer?
      Mais: por que é que, quando se pergunta se o tamanho não interessa, invariavelmente se visiona um subdotado e não um sobredotado?
      (continuo cheia de dúvidas, afinal)

      Eliminar
    5. Acho que é um pouco como a cena da beleza, hás-de reparar que os "menos bonitos" são os maiores defensores que o que conta é a beleza interior :P

      Quanto à 2ª pergunta, creio que se visiona sempre um subdotado porque quando se chega ao ponto de se ter de questionar o tamanho, é porque algo não vai bem. No fundo, acho que quem pergunta se o tamanho importa, quer ouvir algo que o/a console, nomeadamente, que não, não importa.

      Eliminar
    6. Hehehe, pois é :D

      Sim, mas também haverá os assustadores! :D

      Eliminar
  3. Posso referir-me ao tamanho deste post? Então, o tamanho do mesmo pode ser traiçoeiro; se por um lado, tem pouca escrita, por outro, a questão que encerra pode ter muito que se lhe diga! Bom dia e obrigada! :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que sim. Por outro lado, parece-me que tu alcançaste a dimensão (ups) da questão.
      Bom dia, Mia!

      Eliminar
  4. O tamanho de quê?!
    E se é do que estou a pensar...claro que interessa:P E a quem não interessa é de desconfiar...

    Bom dia Linda:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, é disso mesmo.
      E também se o tamanho ou a competência da língua está ou não directamente relacionada com a pessoa que defende aquela teoria do título.

      Bom dia, Suricate :)

      Eliminar
  5. Eu disso não percebo nada, mas posso adiantar que prefiro uma boa a uma má língua.

    (O tamanho das salsichas que te deram agradou?)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E será que a essas boas línguas também é indiferente o tamanho?
      Ando perseguida por dúvidas.

      (muito moles)

      Eliminar
    2. Ahahahahahah o que me ri com a questão das salsichas!
      Mas, Linda, a questão era acerca do tamanho, não da dureza das mesmas. Ou estes dois pontos também estão relacionados? Tamanho e dureza? É que se sim, ainda reafirmo a minha opinião com mais convicção!

      Eliminar
    3. Naquele caso, uma e outra características são indissociáveis: uma pessoa pega naquilo, sente a moleza e já nem lhe apetece.

      Eliminar
    4. E... não é assim com tudo? Assim de repente, acho que a única coisa mole que gosto é de pão ahahahah

      Eliminar
    5. E pudins, e cenas de comer :D

      Eliminar
  6. Respostas
    1. Mas-mas...
      Era só para auscultar...

      Eliminar
  7. Esta pergunta está muito batida...
    Detesto remake's... :P

    Bom fim de coiso!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aqui não há nada muito batido, cala-te :P

      A trabalhar... o 3.º seguido... so-cor-ro...

      Eliminar
  8. Porque será que algumas mulheres se esquecem que são donas de 'coisas' que podem crescer, ou não?
    Esta malta tira-me do sério.
    LP, isto hoje deu para o torto, sorry.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. You don't say.
      Acordaste com os pés de fora, ou quê?

      Eliminar
    2. Sim, e com vontade de fazer uma revolução.

      Eliminar
    3. Oh, homem, então do que é que estás à espera?
      Vai dar sangue :)

      Eliminar