21/02/2015

Notícias do meu boi

O bicho leva cascos especiais e difíceis de encontrar. Tem a mania que é diferente. Levou os dois da frente novos, porque só um podia fazê-lo desequilibrar-se.
O meteoro bateu-lhe por baixo, também, junto à protecção do motor. Podia ter furado. Podia ter dado no ratere. Podia ter partido o eixo. Tudo isto, segundo o mecânico, que, como é sabido, é catedrático no que nos podia ter acontecido, mas, afinal, não, e, mesmo que tivesse acontecido, estava cá ele para remediar e esmifrar-nos a carteira com igual dedicação.

A mim, na minha incomensurável ignorância, e infinita bondade, basta-me saber que não projectei a pedra contra ninguém.


Recuperei as asas, com os cascos novos do meu boi.

De qualquer maneira, não seria isso que me impediria de ir matar as minhas saudades.
Que eu, quanto a essas, sou uma assassina sanguinária.

4 comentários:

  1. Entretanto li o post mais antigo que me tinha escapado e assim percebi o que era o bicho...Uma seca aparecerem assim meteoros...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podia sempre ter sido pior. Mas foi chato entrar em despesas...

      Eliminar
  2. Posso saber a marca dos cascos?
    Só naquela de ter a certeza de que fizeste uma boa escolha, que tipoo de rasto têm os mesmos?
    PS: não aceito, como resposta, um 'não sei' :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho que me ir informar.
      Tipo olhar para lá.
      Mas são Prada, ou assim :)

      Eliminar