10/01/2015

A sangria que não tinha sumo nenhum

Agora a sério. Esqueceram-se de adicionar frutas e sumos e o genital à sangria que nos serviram no Porto. Parece que, por lá, uma pessoa pede sangria, e trazem-lhe, de facto, uma bebida vermelha para a mesa. Só que, para além de vinho tinto e brandy - que eu acho que era vodka puro, ou gin - não leva mais nada. Sei que ainda só tínhamos bebido um terço do copo e a compostura já era. Ela tinha-me avisado que diz as mesmas caralhadas que escreve no chat, e eu tinha-a avisado que os bonecos que ponho :D correspondem mesmo ao meu riso. Um terço dos copos, nem foi preciso mais. Ela diz aquilo tantas vezes que eu não tenho tempo de recuperar de um ataque de riso para o seguinte. Senti-me mesmo asfixiar no momento em que ela proferiu a seguinte frase, ora atentai:

Ó pá, os gajos hão-de pensar que ela f*de de cara***, cara***. F*da-se...





Companheira, a próxima rodada é em Lisboa!
(ponho link se tu deixares, mas acho que já toda a gente sabe...!)

19 comentários:

  1. Eu tenho um trauma com mulheres alcoolizadas, não sei porquê!!?
    Acho que fico sempre à espera que alguma vá fazer o pino no meio da estrada, ou se atire da ponte. A sério, prefiro homens bêbados do que mulheres.
    Até porque alguém tem de conduzir... :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Credo, nós somos duas ladies!
      Nunca iríamos fazer o pino no meio da estrada, até porque - e falo por mim - só contra a parede é que o pino... :P
      A sério: não houve cenas. Só um jantar fixe, com muito gargalhedo. Muito bom.

      Eliminar
    2. Eu acredito. Mas isso desacredita o post, mas acredito (mais-ó-menos)... :P

      Eliminar
    3. Na verdade, nem ela nem eu somos muito certas das ideias :D
      Ela entrou logo a dizer que, se não gostasse da comida, partia aquilo tudo.
      Devem ter-nos deitado quebranto no copo.

      Eliminar
    4. Ca m-e-d-o...
      Então mas ela não entrou no restaurante sóbria ?
      Tu estavas?... estou confuso!!

      Eliminar
    5. Totalmente sóbrias, ambas.
      O restaurante estava vazio, e pôs-se a desconfiança se seria bom.
      Depois fizeram-nos pagar antes de jantar. Ela lançou o aviso nessa altura :D

      Eliminar
    6. Pagaram o jantar!!? Isso não se faz.
      No mínimo davam-vos a escolher: ou pagam o jantar, ou lavam a loiça?
      é o mínimo...

      Eliminar
    7. Ou punham-nos à vontade: "Podem começar a partir isto tudo..."

      Eliminar
  2. Ninguém estava alcoolizado, não era preciso :D Mas pagar antes de comer, deixa-me com reservas! Ao ler isto lembrei-me do rapaz e dos seus polegares espetados para cima quando fiz referência à "tocixidade" da sangria :D O povo do restaurante gostou da clientela barulhenta :D Foi um dos melhores jantares que participei, adorei. E, já sabes, as minhas "palavrices" só as uso com amigos. Não São para qualquer um. Conta comigo em Lisboa a partir de Março, companheira :-

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vou usar uma interjeição tua:

      weeeeeeeeee!

      :D

      Eliminar
    2. Weeeeeeeeeeeeeeeeee

      Faltou o ) ao :- para completar o sorriso, caralho! ;)

      Eliminar
    3. Nem reparei, e tu tinhas que me atirar com mais um dos teus caralhos!? :D
      Queres-me com a cara a doer, não?

      Eliminar
    4. Rir faz bem, não dói :D

      Eliminar
    5. Olha, tu não me faças falar. :D
      Há muita coisa boa que dói.
      Ir ao ginásio, por exemplo :P

      Eliminar
  3. Cuidado com o vocábulo. Olh'ó nível :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grande verdade.
      É ela que me obriga :)

      Eliminar
    2. Quando falaste no 'vocábulo', não te referias à resposta que eu tinha acabado de dar à Sister V.?

      Eliminar