26/09/2015

Estou aflitinha para votar

Falta uma semana, e não sei em quem votar.
Não me abstenho, que desses não reza a História. Não voto nulo, porque não tenho grande jeito para desenhar genitálias no boletim, nem em lado nenhum. Não voto branco, porque gosto é de azul.
Meu povo esteve agarrado a uma chefia dura durante quarenta anos. É muito ano. 
Meu povo está agarrado a um jogo de ping-pong entre duas frentes, há quarenta e um anos, que só me lembra aquele vira — ora-agora-viras-tu-ora-agora-viro-eu —, nem sei como é que ainda não se coligaram partidariamente e não governam a meias mais outros quarenta, Ali Babá. Entre os que estão presos e os que deviam estar, uma pessoa vê-se nas aflições para decidir em quem votar. E não aparece o homem das arábias que nos cesse o castigo.
Alternativas?
Abre-te, Sésamo.
(Ainda tenho uma semana.)


16 comentários:

  1. Duas alternativas apenas.
    Ou te sentes bem com a governação e votas 'PaF' ou não os queres e votas no único partido político com condições para ser poder.
    Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ou seja, ou ping ou pong.
      Mas é que não.
      O único? Tem-se visto...
      Bom fim de semana.

      Eliminar
    2. O único sim, quer se goste ou não.
      A não ser esse único, quem mais poderá constituir governo?

      Eliminar
    3. Voto útil? Não contem comigo.
      E esse único não deu já provas suficientes de incapacidade, espera... 41 anos partilhados, dá uma média de 20 anos. Isto está lindo, sem dúvida.

      Eliminar
  2. Já somos duas... talvez um "do-li-tá" resolva o assunto :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É que estão mesmo a pedi-las! :P

      Eliminar
  3. Há opções interessantes. Só tenho que decidir se vou por uma dessas ou engulo um sapo gigante cor de rosa!
    Que merda!

    Beijos, Lindinha. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estás a ver isto? Põem o eleitorado a votar útil, a fazer tiro ao alvo ou a engolir elefantes. Não me parece nada bem, mas enfim...
      Beijos, Marioska :)

      Eliminar
    2. E eu nunca gravei cor-de-rosa..

      Eliminar
    3. Era "gramei", Maria? :)
      Eu gramo. Mas não com tudo.

      Eliminar
  4. Gosto muito da conversa dos partidos do arco da governação. E que só temos 2 opções. Os outros comem crianças ao pequeno almoço e o resto são só extremistas. Alternativas não faltam e demagogia também não. Como diria a outra "Demagogia feita à maneira é como queijo numa ratoeira".
    Estou com a Maria Eu, há opções interessantes. Mas eu não como o sapo cor de rosa!

    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tal e qual.
      Eu também gosto. Ou tens o ping, ou tens o pong, que estão há 41 anos, avidamente, a provar que não servem.
      Com isto, uma coisa é certa: cor-de-rosa, não, de certeza. Ou não me chame eu Blue :)

      Beijos

      Eliminar
  5. Acredito em mais opções do que aquelas que dizem que temos. Acredito que existem pessoas capazes e com vontade de governar este barco velho mas também sei que essa vontade não chega. Mas como a esperança é a última a morrer vou tentar não engolir muitos sapos, independentemente das cores.
    Bom domingo Linda :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também acredito. Detesto que me apresentem um panorama a preto ou branco, ou, ainda pior, a preto e branco. A paleta é variada, procuremos.
      Bom domingo, Imp. Beijos :)

      Eliminar
  6. Olá LB !

    Talvez ...

    "COMUNICADO DO PARTIDO DA TERRA-MPT

    Setembro 24, 2015 por mpt2 em Noticias
    No dia 12 de Agosto de 2015, o Partido da Terra-MPT celebrou o seu 22.º aniversário.

    Vinte e dois anos volvidos, somos hoje a sexta força política no âmbito autárquico e a quarta força política a nível nacional." ...

    Para os verdadeiros apreciadores de gatos e bicos de lacre !!!!

    ;) :) :)

    ResponderEliminar
  7. Olá, Magalhães!

    Prometo que vou pensar no teu assunto :)

    ResponderEliminar