01/01/2016

Post em tempo surreal # 2

Vim passar este primeiro dia do ano à lavandaria. Temos mais um, este ano, para desperdiçar, e eu, sem saber o que fazer a 365, quanto mais a mais um, já vim adiantando o 29 de Fevereiro, que é para ficar despachado. Porque isto da chuva, quando cai, é para todos e não escolhe idades.
Assim, vesti o meu outfit mais safôda, e vim. Mudando o que há a mudar, e de uma forma estilizada, pareço aquelas senhoras de Caneças. Ou a outra de Arroios.


Está-se muito bem aqui. É tudo azul, o rádio está sintonizado na M80, e chove amiúde, amiudadamente, uma chuva miudinha que me provoca algum nervoso miudinho, e me faz questionar como é que vou sair daqui sem molhar a roupa toda que, neste momento, se encontra a secar.

15 comentários:

  1. Só a sintonização da rádio era coisa para me deixar com nervoso miudinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda ouvi Tonight (Bryan Adams), The great pretender (Freddie Mercury), Take my breath away... não me pude queixar.

      Eliminar
  2. para os meus lados choveu a potes, só agora é que acalmou

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que neura começar assim o ano. O que vale é que é sexta-feira :)

      Eliminar
  3. Andas a ser perseguida pelo azul :)
    Se a tua vida tem uma música ela passa na M80.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vá que a roupa que foi a lavar também era branca. Aquilo parecia A aldeia, quando a tirei da máquina de lavar para a pôr a secar :)
      Tem piada. Acho que a minha não tem nenhuma, de tantas várias que tem.

      Eliminar
    2. Tens a certeza? Ora pensa melhor.

      Eliminar
    3. Uma que seja A música da minha vida?
      Gosto muito desta.
      E muito de mais mil.

      Eliminar
    4. Desta? Não ouço nada!

      Eliminar
    5. Clica em cima da palavra "desta". É um link.

      Eliminar
    6. Cliquei, ouvi e gostei.
      Nothing I've ever known ...

      Eliminar
  4. Estou preocupada é com os teus pés! Sabrinas com chuva, mulher! A roupa não sei se molhaste,mas esclarece-me: e os pés?

    P.S de gaja mais gaja não há: as sabrinas são muita giras!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha, foi mesmo por pouco! E eu bem sabia, quando saí de casa. Mas estava mesmo numa de tô nem aí. :)

      P.S. de gaja para gaja: Seaside, 500 anos, 6 ou 7 euros. São quase uns sapatos de quarto!

      Eliminar
  5. mulher prevenida, vale por duas. com um ano acrescentado, é capaz de valer por três. por outro lado, com a inflação a níveis tão baixos , vou ali fazer uma tabela excel, aproveitar uma simulação, daquelas de um qualquer jornal de economia, e já te digo se, entre o azul das máquinas, o preço das sabrinas e a cronologia que carregam, e a M80 há ou não uma correlação perfeita.
    Hasta la vista Blue. :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E tu vales por quatro, Mia. Digo-te que, só o facto de enfrentares o excel com essa determinação toda, já faz de ti, aos meus olhos, uma heroína. Carambas, programinha mais chato, mais cheio de quadradinhos inúteis, com as páginas maiores da História (eu preciso de puxá-las de um lado para o outro com o cursor, que não me cabem no ecrã)...
      Fora isso, é tudo perfeito no meu esquema. A roupa fica com um cheirinho que é uma dó vestirmo-la :)
      Hasta la vista, baby :)

      Eliminar