12/01/2016

Há coincidências

- Três semanas, vou-me embora para minha terra. Lá faz muito frio.
- Roménia?
- Sim, senhora. Faz neve até aqui. — E aponta com a mão, pelo meio das saias até aos pés, para a zona que fica mais próxima do joelho.
É bastante bonita, ela. Os olhos são pretos, o tom da pele é de leite, quando se lhe deita café com uma colherinha pequena. Terá pouco mais do que vinte e dois anos, calculo de relance.
- Cá também faz frio, mas não neva. — Tento vender-lhe a minha cidade, o meu céu azul, que nem sempre aparece de bom grado, a dar-me dar razão. 
- Tenho quatro filhos. — Continua ela.
- Eu também. — Sorrimo-nos, coincidentes, na cor dos olhos, na descoberta logo de seguida: três filhas e um filho. Sou ali um bocadinho, por um bocadinho, também eu, cigana, e ela, quem sabe, sonda-me os motivos de ter querido passar a vida toda com os quatro hemisférios do meu coração repartidos por quatro, se nem uma tradição, nem uma cultura, assim mo ditam. 
- Parece tão nova... — diz-me. Pobre criança, tem idade para ser minha filha.
- Estão lá, os seus filhos?
- Estão, senhora.
- Vá-se embora. Não está aqui a fazer nada, longe deles.
- Vou, sim. — Dizem os olhos pretos de saudades. — A senhora tem um coração grande. 
~

Desde ontem, quando abri o relatório, que coração grande passou a significar grave cardiomiopatia hipertrófica. Esse foi o motivo por que morreu a Mel: coração grande.

~
- Isso é melhor não. — Respondo, enquanto me afasto, portadora de um microscópico coração, dividido em quatro gigantescos hemisférios.


6 comentários:

  1. Olá Linda,

    Coincidência ou não, foi um encontro muito estreito!
    Boa semana.
    Beijinhos,
    Mia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem fronteiras, Mia :)
      Boa semana para ti também.
      E beijinhos.

      Eliminar
  2. Olá ,LB !

    Engraçado o encontro e o teu conselho final !

    Menos graça - eu tb ter hipertrofia cardíaca ...

    :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O mais sensato, José!

      Mas estás controlado e medicado, não?

      Eliminar
  3. E há corações assim, do tamanho do mundo
    :))
    Um beijo enorme

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ou o mundo é mesmo pequeno, como se costuma dizer, Impy. Ou um lugar estranho :)
      Beijos para ti

      Eliminar