16/01/2016

Eu sou aquela pessoa que nunca, em circunstância alguma, deves levar a passear à rua # 25

É que me deparo.
Está a pessoa no metropolitano. Isto, à pobre. Vai para ver um espectáculo da Broadway, é certo, mas com o bilhete oferecido (santa comadre), e com as moedas contadas para a viagem de metro. Minto, sobraram 20 cêntimos, nem sei o que lhes faça. 
(Sou tão pouco blogger.)
Estava assim tão contemplativa da realidade circundante, quando a luz dos meus olhos resolveu encontrar este cartaz.


E o que é que eu li?
Saiba em quem votar. Foi o que eu li. Porque é o que está lá escrito. 
O que a comissão queria ter escrito (queria mesmo?), era Saiba aonde votar, uma espécie de Saiba em que lugar vai votar. Assim, a mensagem, para analfas como eu, é Saiba em que quadradinho vai pôr a sua cruzinha.
Por falar nisso, ser assim é também uma cruzinha.
Eu passo-as todas, as do Algarve e as do Minho. Que cruz.

(Antes que me soltem os cães com a Ciber, eu também lá fui confirmar, tá?)

4 comentários:

  1. Menina Linda, a minha querida é um radar tecnológico de topo. Cuidado com a sua pessoa :)) Tenho dito. Bom domingo!
    Beijinhos,
    Mia

    NOta cusca: E já agora, o espetáculo? Hein? Do melhorio? :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sou a maior chata que conheço, isso sim :)
      Bom domingo, Mia. Beijinhos

      PS - Ainda estou a tentar encontrar palavras que descrevam o deslumbre. Vou lá voltar, isso é certinho. Uma só vez é pouco. Tenho mesmo que abrir os cordões à Tous.

      Eliminar
  2. Eu era menina para ver e pensar a mesma coisa.

    ResponderEliminar