13/01/2016

Eu falei-vos da sonda... agora não se queixem.

O que dizeis quanto à publicação, gota-a-gota, das minhas 69 aulas de condução?

Publica, plizzz-plizzz! - 15 (65%)
A pergunta é: vais publicar, mesmo que na sondagem ganhe o NÃO? - 3 (13%)

Não. Por. Favor. - 1 (4%)

Pá, não sei. - 1 (4%)
Isso é com a minha colega. - 3 (13%)

Resultados: 
A retumbante maioria pediu que publicasse, houve 13 % de indecisos que preferiram rematar o assunto — não à baliza, mas por via de uma costura apertada —, com outra pergunta, ou chutando para canto [eu hoje havia de ir jogar no Placard], e ainda enfrentei a oposição e a abstenção de 4 % dos inquiridos. A recolha e análise dos dados foi feita com base numa amostra, composta por gente, com idades compreendidas dos cerca de 3 até aos 94 anos de idade (apesar de eu não ter votado, meramente por preguiça de pensar, e dada a complexidade das perguntas), tudo homens e mulheres, através de escrutínio universal e secreto, para além de multicéfalo, uma vez que cada elemento teve a possibilidade de votar as vezes que lhe apeteceu, bastando, para tanto, mudar de suporte (e não, não estamos a falar de soutiens), (quem me diz que aqueles 15 votos sim não foi a mesma pessoa que votou 15 vezes, em 15 computadores diferentes, e aí, sim, até posso ter sido eu — são estas maravilhas que nada consegue suplantar a nettinha e suas ferramentas, isto é uma verdadeira enxada), já não me lembro se com início ainda nos findos de 2015, ou se já tinham soado e suado as doze borralheiras badaladas, não se tendo considerado factores irrelevantes, como idade, maturidade, sexo, opções políticas, religiosas, de cor de cabelo ou quaisquer outras. O voto é isento, o voto é livre, o voto é soberano.

[Vou tentar criar um separador só para o tema, já cá volto.]
 

4 comentários:

  1. Por que carga de água o total chega aos 95% e não aos 100?
    Que raio de 'sonda...' essa :)))))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Chega aos 99 %.
      Porque, provavelmente, o programinha não admite números que não sejam inteiros nas percentagens, e, com 23 pessoas a votar e percentagens com números inteiros, só admitindo possibilidades como, por exemplo, 3,2 pessoas a votar, é que as contas bateriam certo de um lado ou do outro...
      :)

      Eliminar
    2. Programinha maroto ... :)

      Eliminar
  2. Há que saber respeitar as maiorias !
    Venham daí essas publicações , plizzz-plizzz !
    Eu votei : " Pá, não sei. "
    ;)

    ResponderEliminar