17/01/2015

Expliquem-me esta mulher

Chama-se Serenella. Com dois ÉLES.
Foi a primeira pessoa, em Portugal, que se preocupou com a reserva sobre a intimidade da vida privada, ainda num tempo em que nem por cá havia internet, quanto mais fibra. Sempre quis passar despercebida em público, poupando a família à possibilidade de ir na rua e ser abordada pelos chatos dos admiradores.
No entanto, foi também a primeira pessoa em Portugal que fez fotografar os filhos tanto e tantas vezes para capas de revistas-folhetim, tipo Nova Gente e porras, que uma pessoa (eu) ia na rua, via os filhos da Serenella e exclamava mentalmente: "Oh, ali vão os filhos da Serenella Andrade... e... ah, lá vai ela!".
Por outro lado, deixou à solta um marido que, onde quer que vá, rabuja com quem o atende a um balcão: "Você sabe com quem é que está a falar? Eu sou o marido da Serenella Andrade!". Been there, saw it, heard it. Numa certa superfície comercial, que ambos frequentamos, o senhor é extremamente conhecido no balcão do cliente, como... "o marido da Serenella Andrade".

Mas não é a isto que eu venho, embora pareça.

É a isto:

Agora Nós, 16 de Janeiro de 2015

Só pus a data para vos situar.
Estamos em Janeiro.
Está frio.
A chuva cai.
O vestido é horrível.
O vestido fica-lhe mal. 
O braço da Serenella, o ombro da Serenella, de duas, uma: ou tapa ou amputa. Sem mais mimimis.

12 comentários:

  1. aquela boca... e aquela expressão com a mão... valha-me deus!

    ResponderEliminar
  2. Ora a Serenella com dois "éles" não tarda está na mobilidade especial. Até lá, vai aproveitando uns "luxos" que lhe dão à borla; por isso não tem como escolher. Ou é assim, ou é assim. E, por último, terá pensado "com um vestido preto nunca e comprometo"! É uma pessoa que nunca me disse nada, tal como a caça ao javali.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ou "O preto emagrece", aquele mito urbano...
      Mas olha que caça ao javali é uma comparação muito boa, diante da imagem!

      Eliminar
  3. Serenella é uma tonta, sempre foi. Não sei quem é o marido de Serenella, thank's God.
    Uma boquinha a sugerir algo? O gesto com a mão e os dedos, significativo.
    Atente-se no que a tradutora gestual faz para explicar Serenella.
    Posso juntar-me à oração? ;-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O senhor está no Google imagens, em pleno.
      Isso da posição da boca e das mãos calhou no print. Mas são recorrentes nela, sim.
      Ao menos a tradutora tem duas mangas...
      Façamos uma vigília, levemos velas, sejamos muitos :D

      Eliminar
    2. 'Bora lá'!!!
      O senhor está no Google? Caramba, vou desinstalar o dito ... Google :-)

      Eliminar
    3. O senhor está em toda a parte, para ser mais rigorosa!

      Eliminar
  4. Virou fadista, a Serenella??? :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eventualmente, a única fadista que consegue o falsete! :P

      Eliminar
  5. Amputa. Nestas coisas não há meio termo. Braço. Fora.Tipo. Já!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Era ela ter-nos a nós como fashion advisers, a ver se aquela albarda não lhe assentava muito melhor sem o chispe.

      Eliminar