22/01/2015

Estou tão feliz com o meu colar novo


As minhas costelas vibram. Sabem o que é vibrar? Vibrar! Eu também não explico, se não sabem.

(uma das minhas avós, caso fosse viva, ficaria feliz de me ver com este colar. Não sendo, não fica)
(a fotografia não mostra, mas o corpo do galo tem corações)
(pode não parecer, mas eu sou uma romântica)
(o fio é de cortiça, outra coisa muito nossa)
(pode não parecer, mas a aquisição deu-se numa loja de chineses)
(valeu a pena lá ir, só para ver a criança linda que eles fizeram)
(parecia um boneco de porcelana, com bochechas)
(apeteceu-me roubá-lo)
(ponderei roubá-lo)
(não estou muito certa acerca do formato das peças que seguram o galo ao fio)
(e sim, vai-me fazer alergias, mas eu uso em cima de uma blusa de gola alta)
(eu nunca uso gola alta)
(a gola alta sufoca-me um bocadinho dos nervos)
(tenho que o usar porque o adoro)
(depois ponho pomada de cortisona)
(o fio é um coração de Viana, estou toda norte. Eh, pessoal do norte, como é que é?)
(não sei se já disse que sou uma romântica)
(sou uma romântica)
(e não, não uso o fio e o colar juntos. Tirei o retrato para vocês verem, quem é quida?)
(o top é da Intimissimi* - antiquérrimo)
(o casaco é da Blanco* - antigo)
(*ninguém me paga para isto)
(antes pagasse)
(eu não aceitava, mas era giro dizer que não)
(pensando bem, Lindooooooor! Estou disponível para negociações)
(Gosto de leitão. Podem pagar-me em leitão. Morto e cozinhado, ok?)

28 comentários:

  1. (Li isto tudo com se estivesses a sussurrar.)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. (É que já me ia embora, mas depois lembrava-me de mais coisas que tinha para dizer. Na verdade, o post era só a fotografia e a frase)

      Eliminar
  2. É verdade! Esse galo é giro, mas mais giro ficaria num daqueles fios pretos que se compram nas feiras da ladra :) Tu sabes...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois fica :)
      E em cima de um vestido escuro, sem decote, para lhe dar um tcham (e não me fazer alergia)!

      Eliminar
  3. É uma galinha, isso?
    Dá ovos, pelo menos?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com aquela crista?
      É mas é uma Porca no Carnaval...

      Eliminar
  4. Recordação de Barcelos? Cuidado com as cervicalgias.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Antes fosse...
      E eu lá sou mulher de ter isso?

      Eliminar
  5. Será, que também há broches nos Chineses??

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, mas são broches feitos por chinesas.

      Eliminar
    2. Será que os fazem em casa, ou na loja??

      Eliminar
    3. Devem fazer nas fábricas, em casa, nas lojas, onde lhes calhar melhor. Com muita minúcia, mesmo à chinesa.

      Eliminar
    4. Claro, aquelas mãozinhas muito pequeninas! E devem ser duas e três para o mesmo broche, elas são tantas!

      Eliminar
    5. Tu ias-te ver lixada para fazer um broche!

      ...isto devido à tua alergia ao metal, claro.

      Eliminar
    6. Ia ter que me socorrer do latex.

      Eliminar
    7. Mas não é a mesma coisa, de certeza que o latex deixa as mãos frias e estraga o serviço.

      Eliminar
    8. Estraga é o broche, aquilo rompe-se!

      Eliminar
    9. Se, se romper, a fazer um broche, menos mal, só tu é que sofres um bocado com isso. O broche em si, deve ficar bom.

      Eliminar
    10. O importante é que não me aleije. Como sabes, sou quase santa, tenho uma incrível resistência à dor. E aos contratempos.

      Eliminar
    11. Normalmente o que aleija é a cabeça do alfinete, o ideal é cuidar dela primeiro.

      Eliminar
    12. O que for. Há que ser delicada. Seria, no mínimo, embaraçoso, ter de ir ao hospital e queixar-me de me ter aleijado a fazer um broche.

      Eliminar
    13. Não percebo porquê? É um acidente como outro qualquer. Já umas poucas foram para ao hospital por fazer muitos broches, suponho que se tenham aleijado repetidamente?!

      Eliminar
    14. Porque eu tenho uma imagem a defender, olha agora...
      Só a vergonha de parecer que não sou jeitosinha de mãos!

      Eliminar
  6. se calhar o chinês ainda te dava o galo em troca da publicidade...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eh... podes crer, como é que não me lembrei disso?
      Era-lhe sincera: "Olá, eu sou uma blogger de sucesso e faço publicidade dos teus artigos em troca de uma boa borla. Ping-pong!"
      Ao invés, fiquei naquele registo insuportável, "Ai que linda criança, parece mesmo um boneco de porcelana!" (já não lhe dizer "Parece mesmo um chinezinho de louça!"...

      Eliminar
    2. Ficaste extasiada com o chinezinho...

      Eliminar
    3. Foi... tinha para aí 18 meses, um boneco!

      Eliminar