28/03/2016

Sou só eu que...?

1. Cada vez que tenho que acertar a boa hora nova, no relógio de pulso, escavaco o verniz da unha do polegarzinho na piriqueta?
2. Cada vez que calço collants sentada, eles ficam todos torcidos? E não adianta despir a perna que parece mais torta, porque isso vai entortar ainda mais as duas pernas? (Da vestimenta, entenda-se)
3. Cada vez que bebo um chá de saquetas, em público, não sei o que raios fazer à saqueta, deixo-a ficar mergulhada no chá, e ela vem, invariavelmente, espetar-se no meu nariz?
4. Cada vez que tento a abertura de uma embalagem de abertura fácil, fico com o canto de plástico/fita cortante/arame de abertura nas mãos e a embalagem permanece fechada, deixando-me com a sensação que talvez uma moto-serra...?
5. Cada vez que como sushi, fico com sono, e a leve suspeita de que os nossos chineses (chineses portugueses, portanto), estão a injectar endorfinas na comida japonesa que elaboram?
6. Cada vez que evito o choque, por electricidade estática, na porta do carro, empurrando-a pelo vidro, ou com o pé, vou apanhá-lo no botão do elevador, porque o que tem que ser, tem muita força, e nunca fujas ao teu destino, Murphy é um big brother, always watching you, e a Karmen é uma bitch?
7. Cada vez que escrevo a palavra apoio, no teclado, baralho-me toda, troco a ordem das letras, escrevo apio, apoo, apooi, apoioi, e só depois de receber apoio psiquiátrico, é que consigo, finalmente, escrever apioioo?
8. Cada vez que escrevo a palavra desde, no teclado, fico feliz e vitoriosa, porque me sai à primeira?
9. Cada vez que dou com o dedo mindinho do pé numa esquina desta vida, levo alguns segundos até que qualquer outra mensagem que não seja ai, fornique-se, genitais! me chegue, literalmente, dos pés à cabeça?
10. Cada vez que alguém diz uma maldita frase, mal dita, como há pouco tive que ouvir, Há não sei quantos mês atrases, o meu cérebro bloqueia e fico ali, LSD puro, Lucy in the sky with diamonds, incapaz de processar tudo o que vem a seguir, what goes around comes around, and around, and around, numa girândola, numa espiral, num caleidoscópio?

Obrigada.

6 comentários:

  1. Não, não és,...

    ...embora confesse que não tenho problemas com os collants nem com o verniz das unhas e quanto à saqueta, ponho-a no pires!

    (e já agora nunca tive problemas para escrever aopioio!)

    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu bebo o chá em canecas, mesmo estando fora de casa, nunca tenho um pires à mão para largar a saqueta :)

      (também precisas de opioaopiop!)

      :)

      Eliminar
  2. Acho que também preciso de apioioo nessa coisa do dedse mas não só...
    Como raio é que vestes collants em pé?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma pessoa destroca-se toda. São demasiados ós e demasiados is numa só palavra...
      Não consigo vesti-los de outra forma. Se calhar, também preciso de apioioo psiquiátrico para resolver essa questão :)

      Eliminar
  3. Para 2 e 4 também preciso de apoioooo!
    ~CC~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Parece que são problemas muito femininos, ambos :)

      Eliminar