06/03/2016

Post interdito a machos

Este é o Clube da Luluzinha, o let's talk it over in the ladies room.
Homens do meu país, e de todo o globo lusófono, a sério: não leiam. Isto não vos diz respeito. 
~
Mulheres do meu país, e de todo o globo lusófono:
Venho falar-vos de copos. Venho pedir-vos que gritem Aproxima de mim esse cálice!
Diz quem sabe, porque já provou — que, como sabem, não posso ser eu, cá do alto dos meus 94 anos —, que aquela coisa do copo menstrual é, verdadeiramente, A cena.
O copo é de borracha, dura dez anos, e aguenta uma permanência de oito horas dentro de uma pessoa, desde que se trate de uma fêmea. Põe-se, fica quietinho, tira-se, lava-se e volta a usar-se. Sempre o mesmo, dez anos de vida íntima e em comum, numa fidelidade que só não é canina porque o copo não tem dentes. Ainda por cima, cada uma escolhe a sua cor. Está-se mesmo a ver qual é que eu escolheria, caso o comprasse. (É tão lindo!)
Não vos falo de marcas, porque ninguém me paga para isto. E também, já há umas quantas, portanto, cada uma que faça uma pesquisa e se amanhe, no fundo.
Com este simples copinho, acabaram-se as despesas com absorventes, a chatice de não os ter na mala ou em casa, as idas à casa-de-banho em todo o lugar aonde se vai, os cheiros (é verdade, quem diria que o período não tem cheiro? É que não tem, porque é sangue — o tal odor, afinal, vem é dos pensos e tampões, pagos a peso de ouro), o terror do cordel a sair do biquíni, a possibilidade de fungarias na zona, as noites com fugas, os dias com fugas, e as fugas em geral, que põem uma pessoa a fugir em todas as direcções. Para as ecologistas que somos todas, há também esse factor a ponderar (cada penso higiénico leva 500 a 800 anos a decompor, ou seja, ninguém lhes sobrevive. E isso não faz parte de uma relação justa).
O copinho é perfeito, mas é claro que vai haver uma magana que vai conseguir esmerdar aquilo tudo, com uma alergia ao latex, com um esquecimento que lhe dará um fungo merdoso, com um namorado que se apresenta na urgência com um barrete do avesso, ou a dar à luz um bebé com uma carapuça de borracha agarrada a um olho.

Mas, até lá, vivemos todas muito felizes para todo o sempre da nossa idade fértil, com os copos. 

4 comentários:

  1. Tens razão...
    ...eu não devia ter lido isto!

    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ou talvez devesses, pensando bem. Já não arriscas ires parar à urgência.

      :)

      Eliminar
  2. Proibido a machos de uma forma geral ou apenas aos machos latinos?
    É que há uma diferença do caraças! :)))
    Boa semana, Blue Linda (olha, troquei).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A todos, sem excepção. Basta não serem utilizadores do produto descrito.

      Blue Linda também gosto. Parece rhythm in blues. Ou linda em blue jeans, tipo Anita :)

      Boa semana, Observador.

      Eliminar