08/04/2016

Três reis magos mágicos deram comigo em velha

Foi ontem. 
Três senhores que eu respeito aqui na bola, ou com quem vou à bola, como preferirdes, puseram ontem a possibilidade de estarem a ficar velhos. E eu, que nunca tinha pensado nisso muito a sério, acabei contaminada por aquela suspeita.
Tenho que começar a dar-me só com a pedoblogobola. Por este andar, morro mais cedo.
Só hoje de manhã me caiu a ficha que ontem não foi sexta-feira. E que a pressa em ir jogar no Euromilhões antes das 7 da tarde não tinha qualquer razão de ser. Só faltou ter um stroke na fila para registar a porcaria do papelote. (Bem feita se não ganhar o jackpot.)
Isto foi só o princípio. Troquei um dia da semana por outro. Vendo a coisa pelo lado positivo, esta semana, vivo duas sextas-feiras, portanto os meus níveis de omega 3 devem estar aos píncaros e aos pinotes. 
Às vezes, odeio-me. Isto só ao estalo.
(Heh, nem original consigo ser.)
(Outro dia, estava a começar um programa na National Geographic, que se chamava Superestruturas Nazis e eu, com as minhas zero dioptrias, e de relance, li Superpregnant mommies, ou uma merda parecida. Então, exclamei Quero ver isso!, porque a trash tv diz-me muito ao adormecer, porque admito a hipótese de a National Geographic passar trash tv e porque as minhas dioptrias já escalaram acima de zero.)
Fui-me camuflar. A vergonha tolda-me.
Pus rímel nas pestanas, que já foram compridas de bater nas sobrancelhas, mas pus tanto rímel que ficaram mesmo a bater nas sobrancelhas. Ou as sobrancelhas já me começaram a descair? 
Pus disfarçador de olheiras, porque já dormi mais horas e agora já estou acordada mais horas.
Pus base em toda a cara, porque já tive cara de boneca de porcelana e agora a loiça está a partir-se toda. 
Lavei o cabelo, porque já foi castanho escuro, deitei-lhe um spray para disfarçar as raízes que o sujou todo, e agora vou ter mesmo que o pintar.

Vou dar sangue, quem sabe ainda está fresco.


6 comentários:

  1. Deixa estar...
    ...eu tou pior que tu!

    Tu, pelo menos, só te odeias às vezes...

    LOOOOOOOOOOOOOOL

    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um destes dias, sovo-me. Já não há cu que me aguente :D

      Eliminar
  2. Mas nada de barbas, nada de molho...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nada, nem que seja uma barba azul...

      Eliminar
    2. No castelo do barba azul!

      Eliminar
    3. A curiosidade não matou apenas o gato, e essa chave dipenso eu!

      Eliminar