09/04/2016

Pensamento escatológico do dia # 17

Ainda sobre a minha cândida mania de juntar duas expressões populares e fazer nascer uma só: nem sempre, afinal, dessa união sai algo de viável.
Meter o pé na argola 
e
Mijar fora do penico
equivalem-se, em intenção, ou mais ou menos. 
Então, saiu-me, direitinho, boca fora,

Não pode pôr o pé fora do penico, que fica logo tudo a saber.

Parei o raciocínio, e algo me tocou os sininhos ao ouvido de que pés e penico não faziam sentido juntos, no momento em que se me formou a imagem mental de alguém, com os dois pés, juntinhos, dentro de um penico, muito bem comportada. E suja.

2 comentários:

  1. Os penicos servem, de acordo com o tamanho, para se pôr os pés de molho :)))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Antes os pés do que as barbas :P

      Eliminar