02/11/2015

Diálogos à sombra # 11

Vejo-a aperaltar-se para sair, de manhã, e está especialmente bem cuidada. Pediu-me um camiseiro emprestado, daqueles que uma pessoa tem no sector working girl. Acho-a tão bonita, que fico pasmada com a impossibilidade que creio objectiva de ter sido eu a fazê-la, a carregá-la, a alimentá-la de mim.
- Onde é que vais tão bonita?
- Vou ter uma entrevista para Modelos...
[Lá está. Tivesse a linguagem verbal maiúsculas e minúsculas, e não haveria confusões desta ordem.]
[Lá está. Não fosse eu absurdamente coruja, e não faria confusões desta ordem.]
E falamos num simultâneo não uníssono:
- De passerelle, querida? 
-... Organizacionais.

8 comentários:

  1. É só rir .
    És engraçada,LB !
    Sempre a pontuar !

    ResponderEliminar
  2. Prova que não só é linda como super inteligente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mesmo, mesmo. E culpada da minha constante prática do pecado capital que é o orgulho.
      :)

      Eliminar
  3. Ahaha :P mamã super babada!

    ResponderEliminar