10/02/2017

Dos chatos cumá [porra da] potassa

Eu tinha que ir meter gasóleo em Rosinha?
Tinha. E fui. Fiz tudo bem, estacionei do lado certo em relação à entrada do depósito, entrei na bomba, pedi gasóleo, paguei, saí, carreguei no botão lá para abrir a cancelinha do combustível, abasteci e...
...
...
... e não consegui voltar a entrar no carro. 
Vamos lá a ver se a gente se entende: meu Rosinha não precisa que se use a chave para o abrir. Ela anda dentro da mala, é só preciso carregar num botão do manípulo da porta para a abrir, que ela sente a proximidade da chave. Mas dá-se que não estou habituada a nada tão evoluído, e fiz o que faço sempre: meti a mala dentro do carro enquanto abastecia.
...
...
... e fechei a porta.
Fiquei fora do carro, triste, só e abandonada, gelada, gelada. Sem chave, sem telemóvel, sem ligação à Terra. Dirigi-me de novo ao balcão e pedi ao funcionário que me emprestasse um telemóvel, explicando-lhe a sit. Um senhor, muito cavalheiro, achando-me mais aflita do que eu efectivamente estava, disse: Se a senhora quiser alguma ajuda, estou ao dispor.
Obviamente que o telemóvel do rapaz não funcionava, porque a minha vida tem sempre que ser um filme de Lynch e só falta mesmo o anão entrar e desatar a dançar. 
Obviamente que o senhor insistiu que podia ajudar-me.
O rapaz foi buscar outro telemóvel, que até fazia chamadas. 
E o senhor, que já não estava a fazer ali nada, repetiu: Se a senhora quiser, eu posso ajudá-la. 
Respondi-lhe Muito obrigada, não preciso de nada, enquanto toda a minha expressão gritava Sim. Podes. Sim. Ajuda-me. Desliza. Raspa-te. Desintegra-te. Eclipsa-te.


10 comentários:

  1. Linda,

    https://youtu.be/fHUWzzYqTk8

    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É o que dá para mim. Nas calmas! :)

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Se fosse um rapaz... mas era um senhor com boa idade para ter juízo (e netos).

      Eliminar
  3. tas com um dedo ó ó!!!

    boa noite

    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É a chamada pontarage (pontareidje) :)

      Boa noite, Moonchild

      Eliminar
  4. Anónimo11/2/17

    "foi buscar outro telemóvel, que até fazia chamadas", o que eu me ri! Apesar de solidária com a sua "dor". :-)
    Sou a anónima que fez o comentário "simpático" sobre o carro, a Linda pediu para eu continuar por cá, e eu por aqui estou.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois não parece que, hoje em dia, os telemóveis servem para tudo menos para telefonar? Daí o meu espanto :)
      Continue, Anónima. A simpatia é sempre bem vinda, seja sob que nome for :)

      Eliminar
  5. Que História !pouco sorte!
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esta não volta a acontecer-me. Outras virão... :)
      Abraço

      Eliminar