07/06/2017

É preciso tão pouco para me fazer feliz # 6

Tornei-me proprietária de um biquíni belíssimo, cuja marca escuso de esconder, porque é mais do que evidente, mas não é isso que me traz aqui, porque ninguém me paga para isto. Não sei se foi porque, alapado àquele, veio outro, igualmente detentor de uma beleza estupidificante, a verdade é que me foi oferecida uma garrafa térmica daquelas, assim, como hei-de explicar?, térmica. 



Havia de dois tamanhos e em quatro padrões, mas eu encrencei que havia de trazer igual ao padrão de um dos biks, e por isso trouxe a mais pequena, que era a última, e era a de exposição, mas era aquela e era aquela e a menina queria, e acabou-se. (As outras eram um bocado feias. Havia uma de camuflado da tropa, há-de ser para quando uma pessoa vai para a semana de campo, poder beber água ou absinto, às escondidas dos camaradas, no meio do matagal.)
É claro que, logo após estes embates estetico-estratégicos, qualquer pessoa entra em meditação profunda. E é que dei comigo, no caminho de regresso daquele afã que tinha acontecido no provador (quatro partes de cima e quatro partes de baixo, o ser humano já não vai para novo e estão muitos graus de temperatura atmosférica), a pensar que, na verdade, a almejada garrafinha só me trará problemas. Porque:
1. É igual ao biquíni, mas eu não uso o mesmo todos os dias (ou não fora eu uma verdadeira blogger), portanto, o matchi só se dará uma vez lá de quando em vez;
2. Só tem capacidade para meio litro, o que, num dia como hoje, marcha em cerca de alguns minutos;
3. Dita-me a já vasta experiência que a tampa destas garrafas é uma pequena prova de nervos (e os meus são bastante frágeis), porque o raio da rosca tem pacto com o Cão e, uma vez desenroscada, é preciso fazer uma concentração mental extremamente cuidada e esperar que os astros se alinhem, para que as riscas da rosca se reencontrem e a garrafa fique fechada;
4. Se descurarmos a higiene da garrafa por mais de dois dias, ao terceiro dia podemos afirmar com alguma propriedade que já metemos a boca numa ETAR;
5. A higiene da coisa inclui escovilhão, detergente e água quase a ferver, fora um par de mãos (não vai à máquina) que se preste ao serviço.
Acho que trouxe para casa uma carga de problemas, como diz o povo. O melhor é ir para a praia e esquecer-me da garrafa na arrecadação, ao lado de uma colecção delas, que um dia serão vendidas na feira da tralha, ou recicladas no ecoponto amarelo.
Mas não é linda?

10 comentários:

  1. Anónimo7/6/17

    Hum....Ir carregada com isso que leva tão pouco,uma trabalheira para abrir e fechar....Nop!!!! Prefiro a velhinha garrafa de plástico comprada nas bombas mais próximas ao destino.Mas pronto, é "engraçada", já o modelito é bem giro :)
    Beijinhos Azulinha
    Miss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mesmo essas de plástico, para deitar fora, são as que se portam melhor com o uso diário, durante semanas! :)
      Eu adorei o modelito :)
      Beijinhos, Miss Curvas

      Eliminar
  2. É linda sim e o Bik idem, mas sou suspeita, também tenho uma colecção generosa de garrafas e garrafinhas.
    As preferidas são Tupperware e Bobble (sim, pub gratuita e ninguém me paga para isto. De nada.)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A minha da Tupperware também não se porta muito bem se a usar muitos dias seguidos, mas ao menos lava-se na máquina :)
      O bik é um arraso :)

      Eliminar
  3. Anónimo7/6/17

    Muito linda. Mas aqui o que interessa são os biquínis, vais ficar uma gata com eles. Os areais portugueses que se preparem, este Verão é teu... :)
    AL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vou lá agora, AL. Mas o que importa é que me sinta a tal gata, sem zinco quente. Basta a areia :)
      O Verão é nosso! :)

      Eliminar
  4. Adoro o bikini, odeio tuperwares de qualquer género, apesar de reconhecer a utilidade. Mas adoro o bikini, volto a dizer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quanto aos tupperwares, acho que tenho um TOC com isso. Não sei se gosto ou detesto, simplesmente tenho uma compulsão.
      E tenho outro TOC com biquínis, mas deste sei que gosto muito :)

      Eliminar
  5. https://youtu.be/rxqCIU2OpCo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida que quase tudo o que eu escrevo inspira uma música :)

      Eliminar