02/03/2017

Na senda de "Sou só eu?" # 5

Que, quando não sei do telemóvel, peço a alguém próximo que me ligue, a ver se ele não estará a brincar às escondidas comigo (em que eu sou o do coito) ou à cabra cega (em que eu sou a cabra), a pessoa até me faz a vontade, eu lá encontro o animal, agarro-me a ele como se tivéssemos uma relação, e a primeira coisa que constato, surpreendida, é: Ah, olha, e já tinha aqui uma chamada não atendida...?


8 comentários:

  1. se os telemóveis fossem como os primeiro com que trabalhei...de certeza que não o perdias...era uma mala...uma autêntica mala!

    bom dia Blue

    -___-

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu lembro-me desses, eram caríssimos! Mas nunca tive nenhum.
      Duvidas que uma pessoa bastante habilidosa não era capaz de perder um desses? :)

      Bom dia, Moonchild

      Eliminar
  2. Hoje de manhã não sabia do telemóvel. Pedi ao marido para me telefonar para descobrir o telemóvel, o que ele fez com sucesso.
    Cheguei ao escritório, olhei para o telemóvel e pensei: Olha o marido telefonou-me...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pronto, confirma-se: não é só a mim :)

      Eliminar
    2. Muito mais descansada que somos todos assim um bocadinho...
      (E perguntar à pessoa que nos ligou para nos ajudar a encontrar o telemóvel, "Ligaste-me?"?)

      Eliminar
  3. E ligar de volta, certo? Já não conto pelos dedos as vezes que já fiz isso. Só fico descansada porque pensava que era da idade ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E ligar de volta, sim. Mas vale-me que me fazem o mesmo a mim, e posso vingar-me com longos "Errr..." :)
      Não é a idade, Be, é a tecnologia, que é uma das muitas formas de que se veste o Diabo :D

      Eliminar