01/08/2016

No limiar

Apercebo-me da quantidade de médicos, enfermeiros e restante pessoal da UCI e do INEM, que fumam. Quem convive diariamente, e em constância, com o limiar entre a vida e a morte, ainda que sejam dos outros, provavelmente não estima uma nem teme a outra da mesma forma que o faz quem não conhece essa fronteira.

4 comentários:

  1. O efeito "anti-stress" do tabaco é muito bem vindo a pessoas cujo trabalho é, basicamente, estar em stress e no limite...

    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E como eu os compreendo...

      :)

      Eliminar
  2. De todos os médicos que tenho na família só uma não fuma! Os outros comem cigarros.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eles lá sabem o que é que faz pior...

      Eliminar