20/07/2016

Blogocatarse

Vá, agora tudo a chibar-se ou a silenciar-se para toda a eternidade.
Sou só eu que, quando me quero irritar, vou consultar alguns blogs?
E faço isso tipo todos os dias, tipo amiúde, tipo estereotipo?
É que eu quero irritar-me todos os dias. Preciso de descargas. Preciso de fazer circular o sangue na guelra. Preciso de ferver.
Preciso de me irritar.  
Abro um ou dois blogs de estimação cá minha, leio (basta) um post, reprimo a vontade de arrancar várias fichas da tomada, lamber os dedos e metê-los lá dentro, recebo a descarga na mesma, estremeço, estrebucho, recupero mais ou menos, e fico logo mais leve. Equiparável a isto, só uma boa cestada de roupa para passar a ferro. (Eu queria ser mais blogger, mas não resisto a mostrar às outras pessoas que sou uma pessoa comum, vulgar, povina.) (E tenho a minha empregada de férias.) (Desculpem, isto agora saiu-me assim; já passou.)
(Também me questiono se o meu não é um blog desse tipo. Mini-tramp, saco de pancada, boneco de voodoo de algumas pessoas.)
(Se é, percebo: eu própria, às vezes, irrito-me comigo mesma. Releio-me, e só não me sovo porque sou uma caguinchas para a dor auto-inflingida — até a espremer borbulhas me saltavam as lágrimas, quanto mais —, e não porque considere que não mereço uns bons cascudos.)

10 comentários:

  1. Eu, como já tenho irritações e chatices que cheguem fora da blogosfera, abstenho-me de pôr a vista em cima de blogs que sei à partida que não me trarão nada de bom...
    ...quando quero descarregar fel, tranco-me no estúdio, ligo o Marshall bem alto e toco Sepultura!

    (o tema "Roots" é particularmente bom para isso)

    Depois já está tudo bem com o mundo outra vez...

    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já eu, enquanto não arranjar uma caixa de gritos, ou faço assim, ou encho-me de borbulhas e tiques...

      :)

      Eliminar
  2. Não consigo! Mas venho aqui ao teu para me rir e outras vezes para sorrir. E também saio daqui com a lágrima no canto do olho por vezes.
    E recebo descargas de adrenalina, não eléctricas que isso é coisa para doer.

    Há blogs que me irritam profundamente mas não vou lá, excepto para entender alguns posts e depois ando, feita tonta, a procurar e fico irritada com a estupidez que por vezes grassa por aí. E isso não tem graça nenhuma ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São esses mesmos, os que me irritam profundamente, que eu visito para descarregar quando faz mesmo falta. E uma descarga por dia, é quase um bem que me faz(ia) :)

      Eliminar
  3. Querida Linda,
    (Voltámos a isto da omissão do sobrenome, mas sei bem quem é.)
    Não sei se é só a menina, mas digo-lhe que eu não o faço. Leio os blogs que me agradam, quase sempre os mesmos, quase sempre com o objetivo de gostar do que leio, quase sempre porque aprecio quem escreve.
    Bom dia,
    Outro Ente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querido Outro Ente,
      (Sou a mesma, com menos filtro ainda).
      Eu também faço isso, maioritaria e prioritariamente. Mas depois tenho uns furúnculos daqueles que sei que me vou nausear só de olhar, mas aos quais não resisto espreitar. Leopold von Sacher-Masoch explicaria...
      Um dia feliz,
      Linda.

      Eliminar
  4. Admiro essa pachorra !
    Blogs para enervar ?
    Non capisco , anche !!!!
    Gosto muito do teu !
    Acho que a Be, conseguiu dizer tudo "venho aqui ao teu para me rir e outras vezes para sorrir" e "saio daqui com a lágrima no canto do olho por vezes ".
    Linda ,com ou sem empregada fazes falta !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, José!
      Mas sim, uma pessoa descarrega!

      Eliminar
  5. Eu prefiro ler os comentários no facebook às publicações do Nuno Markl.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vês? Desse meio, estou eu fora.
      Mas vejo os comentários às notícias em alguns jornais online e pergunto-me se há quem vá buscar o sagui e o solte em cima do teclado.

      Eliminar