17/10/2016

(a)like

Domingo.
Estou a arranjar-me ao espelho, a desenhar os meus olhos para que fiquem maiores. Atrás de mim e da minha imagem, surjo eu, aos dezasseis anos, se fosse rapaz. Tenho os olhos grandes e bonitos, as pestanas  — e toda eu — sem necessidade de máscara. 
Vai a sair para jogar à bola, já equipado. Pede-me dois discos de algodão, explicando que é para pôr nos ténis, que lhe magoam de lado, nos dois dedos maiores. Aponta o lugar exacto onde lhe magoam os ténis, e olhamos os dois, que somos quatro no reflexo, nessa direcção. Ficamos um nano-segundo a olhar para o mesmo ponto, com o mesmo olhar redondo. 
Então, eu pergunto:
- Vais pôr os discos por dentro?
E ele responde, rigorosamente igual, exactamente no mesmo tom: 
- Vou.
Ainda temos o olhar preso naquele ponto mais um nano-segundo, tal e qual uma imagem reflectida no espelho. Em absoluta sincronia, caio em mim,
Não, por fora. Por que é que eu pergunto?,
e cai ele em si,
Por que é que eu respondo?

2 comentários:

  1. Vou por uma "coisa" em inglês: "love this post".
    Bom dia! Boa segunda-feira! Boa semana!
    beijinhos,
    Mia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Resposta em inglês: "Like you, tks".
      Bons todos para ti também, Mia!
      Beijinhos

      Eliminar