30/12/2014

Eh pá, parem de me dizer 'olá' nas lojas!

Mas qu'esta porra agora de uma pessoa entrar numa loja e levar com um "olá"?

Mas eu sou alguma garota, ou quê?

E andámos todos na mesma escola, queres ver?

Já não há bom dia e boa tarde? Faleceram, por acaso?

Vai uma pessoa na sua vidinha, entra numa loja, dirige-se a um balcão e nem tem tempo de desejar bom dia, já está a levar com um "Olá", ou, na melhor das hipóteses, um "Olá, bom dia!". Juro que fico feita parva, a olhar à volta, a ver se não está por ali perto um dos meus amigos ou um colega da primária, que, entretanto, à falta de melhor ocupação, resolveu abraçar a carreira de ventríloquo e projectou a voz até à personagem da loja. Ou então, ponho-me a estudar os traços fisionómicos da dita, a ver se não teremos uma relação próxima, porém que eu, afectada por amnésia temporária, não estou a ver, naquele momento, qual é.

Mas a sério. Visionem comigo: eu entro na loja. Certo? Está lá dentro um rapazola com idade para ser meu filho. Nunca me viu mais gorda nem mais magra. Estão a acompanhar? Diz-me aquilo assim à queima-roupa. Bang-bang. O que é que uma pessoa pensa, apanhada desprevenida desta maneira? Queres ver que este me está a confundir com a mãe dele? Ou com a Julia Roberts? 
Isto é uma chatice, ter um tipo físico tão vulgar. Considerando Hollywood, claro.

A minha empregada também já teve a PDM. Chegava à segunda-feira, ou chegava depois de férias, e trás. "Olá!". Mas passou-lhe. Bastou-me uma vez, que me apanhou mais quentinha, responder-lhe "Oláááááá?". Aquela consegui educar.

Agora, o povo das lojas é que é do genital.

E na Nespresso? Mas ca raio é aquela cena do "Olá, boa tarde, como está, passou bem?". Tanta informação requerida numa só frase, embatuca-me sempre. O que é que é suposto uma pessoa responder? "Olá, pá. Olha, estou boa, não se vê logo?". Primeiro que me saia "Três daquelas pretas e três das encarnadas", fico ali uns segundos a pensar se não será melhor sair e depois voltar a entrar e promover a acção do take 2. Eu é que sou a vedeta freguesa, por isso, entro, peço três ristrettos e três descafeinados e não há cá palmadinhas no cu sociais, nem intimidades de "olá" nenhum, senão daqui a pouco estamos a dizer "tchau aí ó boi" no final da compra e "és tão boa, marchavas inteira fora da época dos santos populares e tudo" (por acaso inventei este piropo agora mesmo, podem usar longe dos ouvidos do pessoal do BE, que eu deixo).
Na Nespresso ainda usam de requintes de malvadez maiores, quando nos (ou só a mim?) perguntam: "E a sua máquina, está boa?". Juro que há ali três décimos de segundo de hesitação em que me pára a boneca e equaciono: "Espera. A minha máquina? Qual máquina? O meu coração? Não, espera lá mais um bocadinho. A minha máquina da roupa? Não. A minha máquina deve ser código, para designar alguém da minha família. Pergunto-lhe pela dele? Ou respondo-lhe apenas, 'Heh, uns dias melhor, outros pior. Está com diarreia, mas tenho-lhe dado Ultra Levure...'?"

Eu acho que não me fiz entender. Mais valia não publicar isto. Falava outra vez de mamas e o meu dia era passado, descansadamente, a comer pipocas e a ver as visitas a aumentar em número. Assim, ainda me sujeito a uma carga de chatices e eu já não tenho idade para estas touradas. Olá...


42 comentários:

  1. Na ultima vez que entrei na nespresso, dei por mim a responder "bem obrigada, e o senhor?", e quando o vi meio abananado, percebi que aquilo me tinha saído inconscientemente, e que eles não devem estar habituados a esta reciprocidade. Assim, nesta linha, como está a tua mãe? (confesso que tenho andado ausente, e sem tempo para me actualizar por aqui). Passei, para desejar um ano novo cheio de coisas boas, e um beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também já respondi isso :)
      Somos tão educadinhas.

      A minha mãe: Sabes um passarinho? É isso :|
      Obrigada.

      E tu, que é feito?
      Um ano feliz, majestade!

      Eliminar
  2. Mais uma razão para não querer nada com a nespresso :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também vendem bolachinhas :)

      Eliminar
    2. Compro o café no minipreço. Há roxo e verde. São muita bons e baratos. Enjoei o Nespresso. Só gosto da máquina.

      Eliminar
    3. Eu também compro outras cápsulas, mas isso já me deu cabo da máquina uma vez :)
      Deve ser por isso que me perguntam se a minha máquina está boa.
      Olha, eu nem da minha já gosto.

      Eliminar
  3. Olaaaaaaaá!!!!!
    "Tá" boa a menina??? nunca te aconteceu?? Mas porque raio querem saber se estou boa? Só admito isso ao médico de família... e...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já percebi. Hoje estou ao ralenti.
      Não, a mim só me chamam menina as pessoas que me querem vender alguma coisa, ou os senhores de idade.

      Eliminar
  4. Cumprimento muitas vezes com um olá! :p

    Olá!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas tu podes, porque nos liga uma relação de profunda amizade.
      E eu também cumpimento muitas vezes com olá, queres ver?
      Olá! :P

      Eliminar
  5. Quando alguém, seja quem for, me trata assim, leva chumbo. Se for uma menina/senhora agradável, faço desconto. Mas não sou excessivamente simpático.
    Perguntar a uma pessoa se está boa pode significar duas coisas, ou precisam de tratar a vista ou não percebem o que quer dizer boa. Não falta nada para perguntar a uma 'donzela diesel' se está boazona. Havemos de lá chegar, se é que já não chegámos.
    Gente (feminina) do meu país, convém não perguntar aqui ao menino se está bom. É que levam com uma dose de bephaclean e uma foto corpo inteiro.

    LP fez muito bem em publicar isto. Autêntico serviço público sem necessidade de requisição civil.
    É a minha vez de dizer ... OLÁ, LINDA PORCA. Fuiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vejamos: eu digo "Olá" a torto e a direito. Pergunto "Está boazinha?" a senhoras de idade. Pergunto "Estás boa?", enfatizando o "boa", às minhas amigas.
      Na verdade, não sei o que é que me arranha.
      O meu vizinho de cima (que é um figurão, mas, porque tem a cadela mais querida do mundo, esse passou a ser o principal foco de interesse que tem), cada vez que passa por mim, pergunta "Está boa?". Nós moramos debaixo do mesmo tecto há anos. Mesmo assim, aquilo não me soa muito bem.
      Numa loja, ainda mais sendo uma possidonice de uma "boutique" (?) que vende café, acho, no mínimo, estranho.

      Olá, Observador!

      Eliminar
  6. Decénio, Sacoor, Boutique dos Relógios...vai-te habituando.
    Não frequento a Nespresso, só o mercado municipal; e aqui as senhoras vendedoras que me atendem só me perguntam se quero estes ou aqueles grelos e informam-me que couves....só amanhã, bem cedo. E depois questiono-me se vale a pena eu levantar-me "de madrugada" por causa do caldo verde que irei servir à noite ao pessoal que há-de cá vir e acabo por me despedir com um "até breve". Pronto, é isto...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tu e os grelos. Isso pode ser um TOC.
      Caldo verde fiz ontem, a maior panela que tenho em casa, aquilo dá para 15 nas calmas...
      Ficou de chorar por mais e perfumou-me a casa toda com um aroma de casa portuguesa que foi um mimo...

      Eliminar
  7. Pode, mas não é. A não ser que seja um TOC sazonal, próprio do inverno :)

    Não é para me gabar, mas o meu tb fica muito bom :) Cozes a chouriça nele ou coloca-la num prato à parte e quem quiser, que se sirva?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha que eu já tive uma espécie de TOC com caldo verde. Era sinal de que íamos ser mais à mesa daí a uns tempos :)
      Cozo chouriço (a chouriça larga muito cheiro e tem um sabor muito intenso - olha que maravilha de conversa para posts subliminares) com a batata e a cebola e os alhos. Ponho logo azeite, porque acho que me esqueço no fim. E depois tiro o chouriço, pico tudo e volta a cozer já com a couve e o chouriço cortado às rodelas. Só o cheiro já lava a alma!

      Eliminar
    2. Mas queres que eu tenha um TOC com grelos ou caldo verde? É que gosto bastante de ambos :P

      Em qualquer sopa, o azeite coloca-se no fim, pelo menos a minha mãe e a minha avó ensinaram-me assim e assim eu faço; ensinaram-me outras coisas, mas entretanto decidi fazê-las à minha maneira. De resto, fazemos igual. Couve alta, sim?



      Eliminar
    3. Não, não, não! :)
      TOCs não desejo a ninguém. Acho que não tenho nenhum (toc-toc-toc), quero toda a gente livre, leve e solta como eu.
      Eu sei, e também foi assim que aprendi. Mas já me aconteceu esquecer-me do azeite e a sopa ficar a saber a batata, ou a nabo. E já me aconteceu pô-lo tão no fim que ele não cozeu e nem se misturou com a água. Se puser logo aos 10 minutos, corre tudo bem.
      Sim, toda ripadinha.

      Eliminar
  8. depois disto tudo, fiquei com vontade de uma malga de caldo verde! olá! olááááá....está aí alguém que possa atender?
    Antes que me esqueça : bom ano! :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, olááá! :)
      Ainda está excelente, posso mandar-te morada por mail privado e aparece, que não sais sem uma malga dele (isto quase dava uma cacofonia).
      Bom ano, feliz e alegre, cheio de Desabafos bons :)

      Eliminar
  9. Olá!
    Pois tenho a dizer-te que no meu escritório (já se sabe que aquilo é tudo gente da alta não é verdade?) toda a gente se cumprimenta com um Olá! inclusive ao telefone para cumprimentar clientes.
    É educadíssimo dizer olá.
    O meu patrão (que é Ministro, e é na verdade bastante culto) diz olá a toda a gente. Mesmo aos que estão uns pontos acima dele.
    No meu outro escritório as pessoas usavam o Viva! É também educado mas o Olá! é mais.
    Pau!
    E não gosto de caldo verde... como só o chouriço.

    BOM ANO MIÚDA!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá!
      Sabes que eu também já trabalhei em escritórios, e sempre me fez confusão, estremunhada e bem disposta como estou sempre de manhãzinha, dizer "Bom dia!" e receber um mero "Olá". Parecia que estavam de bezerra comigo. Ou era do sono.
      Lembra-me sempre o jingle de um anúncio que dava na TV quando eu era miúda :)

      https://www.youtube.com/watch?v=GnsTDuNm5dI

      Em compensação, eu como tudo :D

      Bom ano, Uvinha!
      (ai, rapariga, até me está a custar este ano comer as 12 passas. Que biolência :)

      Eliminar
    2. Não comas. Não sei como conseguem comer aquilo. blhac.

      Eliminar
    3. Não como, não.
      Este ano até tenho desculpa: "Isto ainda faz voodoo e a Uva enche-se de dores..."

      Havemos de inventar juntas o bolo princesa. Já tiraram as frutas ao bolo rei e fizeram o bolo rainha. Nós tiramos as passas e fazemos o bolo princesa. Vai vender que nem pãezinhos quentes!

      Eliminar
    4. Isso é certo! O bolo princesa leva o quê? É só farinha para não magoar os outros ingredientes certo?

      Eliminar
    5. Isso é o bolo povo :)
      Leva pinhões e amêndoas e amendoins, tudo em grande e tostadinho, como os bolos monarcas, mas sem os cristalizados e as passas.

      Eliminar
  10. "é do genital"?! :D :D :D :D

    A minha reacção foi igual à de quando ouvi "espancar o palhaço"!
    Gargalhadas!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É sempre como eu refiro aquilo dos alhos :D
      "É do genital" ou "Mandar alguém para o genital masculino".
      Tudo muito educado.

      Eliminar
    2. É muito nível!!!

      Vou começar a usar! :p

      Eliminar
    3. Foda-se!! Ser este o blogue onde a agri-nível aprende a comportar-se como uma senhora.
      Nunca pensei ter os óculos desembaciados para ver chegar tal dia!! :P

      Eliminar
    4. E havia necessidade de vires tu para aqui com os teus ôda-ses? Só para conspurcar, não querem lá ver?
      Ôda-se!

      Eliminar
    5. Olha, SOG, genitais masculinos para ti!!!!

      :p :p :p

      Eliminar
    6. agri-do-genital, pá!!

      Eliminar
    7. Ôda-se, que genital!!!

      Eliminar
    8. agri-do-genital-masculino, pá!!

      Eliminar
  11. "Aquela consegui educar." - fascista! Ai não me digas "Olá" que me desmanchas... :P
    Enfim...

    "E a sua máquina, está boa?" - pode ser a cabeça!! :P

    Tu és bem mais tia do que eu pensava!! Fónix!!
    "Olá" ofende-te?
    Eu tive uma prof que não aceitava que lhe chamassem "dona", mas dizer "Olá"...

    Óbvio será dizer que estiveram mosquitos por cordas e eu quase fui posto na rua por lhe chamar "dona" logo de seguida!! :P :P :P
    ADORO GENTE FINA!! Foda-se...!!

    ...saudades de Trás os Montes, onde uma velha de 85 anos me deixou todo vermelho de vergonha ao falar do padre da paróquia com carinho e passo a citar assim de cor, foi algo do género: "Aquele grandessíssimo Filha da Puta, lambão do caralho, chegou atrasado e ainda quer mudar a puta da hora da da missa de domingo. Fóda-seeeeeeee..."
    Mas verdade seja dita, lá não cumprimentam ninguém com "Olá"!! :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha, nem sei que diga em resposta a tanta alarvidade junta :P

      Sim, nós, tias, somos umas possidoninhas do genital e ficamos ouriçadas NAS LOJAS por sermos cumprimentadas POR UMA PESSOA QUE NÃO CONHECEMOS DE LADO NENHUM com um "Olá (zinho)" do genital masculino. Quanto aos nossos amigos, vale tudo, até palmada nos cuzes à chegada e à partida.

      Grande transmontana, é assim mesmo :P
      "Lambão do genital" é soberbo. Deus a conserve.

      Eliminar
    2. Oh... tenho uma prima chamada Maria Alarvidade :)
      Ou será Natvidade? ...não interessa :P

      Eu gosto é dos diminutivos das Tias...
      Nené, Nônô, Nini, Juju, Sasá, Sissi... and so on!

      Já agora, refaraste a senhora transmontana disse "Fóda-seeeeeeee..." faz parte do sotaque daquela terra. Eles naquela região específica de trás os montes, não dizem "Foda-se" como nós dizemos "Foda-se", dizem "Fóda-seeeeeeee..." em vem de "Foda-se" :P :P :P :P :P
      (ok, agora foi só para chatear :P)

      Eliminar
    3. Antes Natividade que Priscila, mnha-rica-prima.

      E faltou-te Pilita, Pipi, Xuxa, Xunchinha, Xanxa e Paxanxa :P

      De Trás-os-Montes não tenho costelas. Só Minho, Douro Litoral e Alto Alentejo. Chega?
      (tudo regiões onde também se fala bem para genital, em havendo necessidade. Portanto, corre-me nas veias de tia. Não me desafies :P)

      Eliminar
  12. nunca pensei nisso dessa forma...eu digo sempre olá a toda a gente, até aos meus professores da universidade...foda-se, agora sinto-me deveras envergonhada! vamos torcer que eles não tenham uma opinião tão formulada sobre o assunto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Depende. Se forem assistentes novinhos, cagam nisso. Se forem professores mais velhos, não é tão certo que defequem com a mesma tranquilidade...

      Eliminar