23/12/2014

Comam-se. Lambam-se. Alambazem-se. Lambuzem-se.


Está na hora, está na única época do ano em que todos os filhos do Pai  - os que praticam e os que não - podem e devem devorar tudo o que apanharem pela frente, ainda que não mexa, alambazarem-se à maluca, e mesmo beberem até ficarem todos molhados. Metam o dente, metam a boca, metam mãos e vão a pés juntos, de joelhos, em agradecimento, ou sentados, para aproveitarem melhor, mas entrem com tudo. A mesa quer-se farta, façam pratadas até se cansarem, descansem aos bocadinhos e retomem a farra, atirem-se de boca ao bacalhau, lambuzem-se nos coscorões, e dêem na rabanada como se o mundo acabasse hoje. Comei-vos uns aos outros, melhor é comer que ser comido, o lombo alheio é muito mais nutritivo que o próprio. E a comida, se comida na casa dos outros, é sempre mais saborosa, quanto mais se devorada a preceito. E porque o Natal é quando um homem quiser, mas também quando a mulher estiver para aí virada, aproveitem agora esta grande festa e façam-se à comezaina. Mesas fartas, camas cheias para todos, todos os móveis da casa a uso, boas festas, festas boas, boas festinhas, e não desejo já que entrem bem porque ainda é cedo e desejos desses não precisam vocês, que com tanta fartazana certamente entrarão bem e a eito. Façam-se felizes, o Natal são dois dias, como esta vida.

20 comentários:

  1. Festas boas, companheira ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Espiche o tinto, companheira!
      Santos natais ;)

      Eliminar
  2. Fui só eu que li: "fodam que nem uns malucos, em cada canto da casa, porque é Natal?"

    LP, tu tá muito à frente hoje!
    Juízo, pá...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foste.

      És diabólico.

      Eliminar
    2. Toda a gente sabe, sou sempre eu...
      Tudo eu, tudo eu...

      Eliminar
    3. De pé, ó vítimas da fome!

      Eliminar
  3. Comei-vos uns aos outros.

    Palavra da senhora. Graças à Porca!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só retiveste a citação de Machado de Assis, mas é a melhor frase do texto, admito.

      E que se sacrifique a Porca!

      Eliminar
    2. Uiiiiii....!!!!

      Eliminar
  4. Vais fazer o que desejas aos outros, LP? :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Faz-se o que se pode, irmã! :)

      Eliminar
  5. Comer... gosto de comer :D... enfim não tudo porque sou bem esquisitinho ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Temos que ser sempre minimamente criteriosos :)

      Eliminar
  6. E é nestas alturas que eu como o suficiente para me durar a reserva durante o resto do ano.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pronto, outra rara excepção que não vê sexo-sexo-sexo em tudo o que eu escrevo...

      Eliminar
    2. Eu vejo sexo em todo o lado, LP. Mas há dias em que opto por ignorar, senão tenho que pedir absolvição.

      Eliminar
    3. Tu fustiga-te.

      Há bocado fui meter gasolina e, à porta da bomba, dizia "lubrificantes". E eu apanhei um sustinho.

      Eliminar
    4. Ahahahahahahahahahah tem que se ter muito cuidado com as interpretações. Eu fui ao chinês e vi um letreiro que dizia "Bolas - 1€".

      Eliminar
    5. Ó pá, uma pessoa vai à FNAC e estão lá a vender colheres de pau, por que é que a bomba não podia vender lubrificantes para o coiso?

      Mentes que não encontram o sossego, é o que nós somos.

      Eliminar